Cicatriz pode gerar dores no corpo

               Poucas pessoas sabem que uma cicatriz pode gerar dores pelo corpo, devido a restrições de mobilidade que a cicatriz pode gerar em algumas estruturas (músculos, articulações e até vísceras). Essas restrições de mobilidade se devem principalmente a uma estrutura chama fáscia. Fáscia é uma estrutura que envolve os músculos e vísceras (pele branca que tem no meio da carne) e serve para tais estruturas deslizarem uma sobre as outras. As fáscias existem pelo corpo inteiro e estão interligadas umas as outras, podendo gerar tensões em regiões bem distantes.
                A cicatriz é resultado de uma lesão da pele que se forma depois de um tempo após o corte. A cicatrização é o nome dado ao processo de reparo, em que o tecido preexistente fica substituído por cicatriz fibrosa, dura, esbranquiçada e retraída. (Wikipédia) Essa retração tensiona as fáscias alterando todo o mecanismo dos órgãos e estruturas corporais locais e distantes. Essas aderências da fáscia no tecido cicatricial ocorrem pois as células de reparo são jogadas aleatoriamente no local de lesão. Não existe um mecanismo que repare essas estruturas individualmente. Células que reparam os músculos, só vai atuar nos músculos, células que reparam as fácias, só vai atuar nas fáscias, tendão, ligamento e assim por diante.
                As dores causadas pela restrição de mobilidade, nem sempre se localiza na região da cicatriz, mas também em regiões distantes. Exemplo: cicatriz de cesariana referindo dores lombares e até dores em regiões dos ombros.



Caso Clínico

                Atendi uma paciente que referia dores na região cervical, ombros, joelho e pé. As dores eram diárias e intensas graduada em 8 em uma escala de 0 a 10 sendo que 0 é sem dor e 10 uma dor insuportável. Avaliando a paciente verifiquei que a causa das dores eram as cicatrizes que a paciente tinha. Foi realizado testes de inibição cicatricial no qual foi positivo. Cicatriz de cirurgia cardíaca, vesícula biliar, cesariana, e na perna da ponte de safena. Conduta: foi realizado manobras de liberação cicatricial nas cicatrizes citadas sem realizar nenhum procedimento nas regiões álgicas. Após a conduta, a paciente saiu da sessão sem dor, e após uma semana ela retorna sem dores no período após a manipulação (1 semana sem dor). Foi mantido a conduta e a paciente recebeu alta dos meus serviços.

http://www.google.com.br/imgres?q=cicatrizes&start=492&hl=pt-BR&sa=X&qscrl=1&nord=1&rlz=1T4ADRA_pt-BRBR340BR340&biw=1366&bih=630&tbm=isch&prmd=imvns&tbnid=MiXLWbXCSpQHKM:&imgrefurl=http://www.lipocenter.acishop.com.br/loja/9561-tratamento-para-cicatrizes.html&docid=EMRODEmGDvcYuM&imgurl=http://www.lipocenter.acishop.com.br/resize/imageproduct/%253Fimg%253Dcustom/110/uploads/product/photo_9561_4e29

18 comentários:

  1. Olá Dr. Timothy, sou estudante de fisioterapia, curso o 6º semestre, me deparei num estágio com uma paciente que passou por uma lipoaspiração e que refere dificuldade no movimento de extensão do tronco. Eu associei a queixa a cicatriz, pois no exame a paciente não apresentou nenhum acometimento que envolve estruturas musculo-esqueleticas. Poderia então me explicar como fazer a liberação cicatricial?
    Gostaria de saber mais sobre o teste de inibição cicatricial.
    Muito obrigada pelas postagens que são de grande utilidade para minha vida acadêmica.
    Kelly

    ResponderExcluir
  2. Bom dia, Kelly.

    Realmente a lipoaspiração deixa aderências na região abdominal muito grande. E muitas dores podem vir dessas aderências. Já tive uma paciente que praticava atividades físicas, corria maratona e não tinha dores nenhuma e após uma lipoaspiração começou a sentir dores intensas na coluna lombar, sentia o abdômen dela rígido, duro, e após a manipulação a dor desapareceu. Eu não posso te passar pelo blog como é que se faz, por ética ou até mesmo porque muitas pessoas podem ver e achar que podem fazer, e se tiver contra indicações, podem ter complicações. Mas logico que poderia te passar por outros meios. Você mora em São Paulo? Que bairro?

    Fico feliz que minhas postagens estejam ajudando algum colega de profissão, norteando alguns tratamentos. Essa troca de informações são importantes para o crescimento da Fisioterapia. Estou a disposição para te ajudar no que for preciso. Só que nem tudo posso escrever pelo blog.

    Att. Dr. Timothy Hasegawa

    ResponderExcluir
  3. Dr. Timothy Hasegawa,obrigado por sua atenção! Eu não moro em São Paulo não. Moro em Rondônia. Aqui próximo a minha cidade (Ji-paraná)não tem nenhum curso que oferece esse tipo de formação para liberação de cicatriz. Os cursos que são ministrados aqui focam mais a drenagem linfática no pós-operatório, o que é uma tristeza, pois a atuação do fisioterapeuta não limita-se apenas a esse aspecto.
    Tem alguma literatura que possa me indicar?
    Agradeço mais uma vez.
    Kelly

    ResponderExcluir
  4. Bom dia Kelly,

    Desculpa a demora pra responder. Cursos específicos pra cicatriz acho difícil encontrar. Mas você pode encontrar sobre esse assunto em livros de fáscias (manipulação fascial, liberação miofascial), existem alguns cursos que também ensinam a manipular a cicatriz, como a crochetagem ou miofibrólise percutânea. O resultado é muito bom.

    Estou a disposição para maiores esclarecimentos.

    Att. Dr. Timothy Hasegawa

    ResponderExcluir
  5. BOM DIA DR TIMOTHY .TENHO PROTUSÂO DISCAL L3-l4 e tém me causado não dor mas muito mal estar corpo como formigamento panturilha e mal estar cabeça uma especie de pressão na cabeça atribuo as protusões visto que antes não tinha nada disso . como faço acabar esse problema a fisio pode curar a protusão .

    ResponderExcluir
  6. Boa tarde,

    Realmente esse problema lombar pode gerar tanto o formigamento na panturrilha como essa pressão em cabeça. Mas só uma avaliação minuciosa podemos detectar realmente a causa de todos esses problemas. Tanto a fisioterapia, como RPG e pilates podem ser eficazes no tratamento da protusão discal, mas também devemos investigar a causa da protusão. Não adianta ficarmos preocupado com a protusão e esquecermos o que a gerou. Sugiro procurar um Osteopata para melhor avalia lo(a). Dependendo de onde mora, posso indicar um osteopata mais próximo.

    Grato,
    Dr. Timothy Hasegawa

    ResponderExcluir
  7. Boa Tarde Dr. Timothy! Tenho muitas dores em cicatrizes do glúteos, que me impedem de ficar tempo sentada. O Dr. acha que sua técnica poderia me ajudar?? Desde já agradeço! Att MArcia

    ResponderExcluir
  8. Boa tarde Marcia,

    As cicarizes são nos glúteos ou em outras regiões que estão referindo dores nos glúteos? Acredito que manipulando a cicatriz possa te dar mais conforto e eliminar a dor. Mas só consigo te dar um resposta mais concreta te avaliando.

    Atenciosamente,

    Dr. Timothy Hasegawa

    ResponderExcluir
  9. Oi Dr Timothy Hasegawa, fiz uma cesária a 2 anos e 1 mês, sempre senti umas fisgadas, só que a 3 dias as dores são intensas, muito parecidas com as dores da primeira semana, a sensação é de que está abrindo os pontos internos, não consigo me abaixar, nem fazer esforço algum, e a dor parece só aumentar, procurei a emergência da minha cidade e só me passaram diclofenaco de sódio para tomar de 6/6h. Eu queria saber alguma opinião de um especialista. Obrigada desde já

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kathleen, se for realmente a cicatriz a causa das suas dores, o medicamento nao vai ser eficaz. Pois as aderências formadas pela cicatriz não vai se soltar com. Medicamento. Só manipulações especificas na cicatriz vai ser eficaz. Onde você mora? Posso te indicar algum Osteopata na sua cidade ou região.

      Att. Dr. Timothy Hasegawa

      Excluir
    2. Boa noite,

      Minha mãe tem sentido dores horriveis em cicatriz que tem mais de 20 anos. Ela também diz que parece que está rasgando por dentro. Já fomos em emergência de hospital, cirurgião plástico e agora fomos em ginecologista que nos pediu ultrasom transvaginal e abdominal. Mas ela está desesperada e acredita em aderência, coisa que os médicos até agora não cogitaram. O Sr. tem alguma recomendação para indicar? Moramos em Fpolis/SC.

      Excluir
    3. Desculpe a demora. Procura por um osteopata ai em Florianópolis. Tenho um amigo chamado Kaue, mas não sei o sobrenome dele.

      Att. Dr. Timothy

      Excluir
  10. Oi Dr. Timothy, tudo bem? Ha mais de 3 anos eu fiz uma biopsia na cabeca para verificar se eu tinha tendencia de desenvolver alopecia. Bom hoje eu sei que a biopsia nao era necessaria mas na epoca a medica informou que seria o unico exame possivel. Bom, apos a pequena biopsia, mais ou menos 1 cm na parte superior e 1 cm na parte inferior foram retirados da minha cabeca o cabelo nunca mais nasceu. E sinto uma dorzinha no local da cicatriz da parte superior. Ha mais ou menos 1 ano venho sentindo dores de cabeca e fiz exams que nao informaram nada sobre as cicatriz, mas seria possivel que a cicatriz possa gerar dores de cabeca fortes. Obrigada. Ps. existe algo que possa usar para a cicatriz. Nossa quanto arrependimento de fazer essa biopsia inutil.

    ResponderExcluir
  11. Desculpe a demora para responder. Bom é possível que a dor seja da cicatriz, mas só teremos certeza após uma boa avaliação

    ResponderExcluir
  12. olá Dr. Timothy, encontrei seu blog após pesquisa no google depois de uma clínica geral me informar q minhas dores no corpo podem ser das cicatrizes, então pelo amor de Deus, me ajude. Alguns médicos dizem q o problema é fibromialgia,depressão, síndrome do pânico, etc,...Tudo começou c/ dores na coluna em 2007 e após 3 cirurgias na cervical (c5-c6 e c6-c7)depois 3 nos ombros(tendinite), 1 abdominoplastia e 2 lipos(fiz todas por ganhar 30 kilos por retenção de liquido pelo uso de morfina p/ dor) minha vida acabou, só estou viva pq tenho 1 filho de 11 anos (o qual perdi a guarda) e tento reagir por ele, meu 2º casamento acabou e tentei o suicídio 6 vezes entre 2009 e 2010 por não aguentar de tanta dor q não passava c/ nada e as 2 primeiras cirurgias foram erradas(precisei da 3ª p/ consertar o erro das anteriores)e na época todos os médicos q eu ia só diziam q eu tinha dor psicológica (porém após a 3ª a dor na cervical acabou) e depois das cirurgias de tanto me internarem e só me darem morfina pois eu chegava gritando no hospital, começaram a surgir dores no corpo todo e desenvolvi tolerância aos analgésicos e hoje só a oxycodona ajuda, mas o quadro piora a cada dia, adquiri pressão muito alta, taquicardia, inchaços e fiquei viciada no opióide q não fico sem senão enlouqueço. Não aguento mais viver assim, me ajude por favor...meu e-mail é beatriz27041974@yahoo.com.br se puder fazer algo por mim, moro em Ribeirão Preto-SP, já tratei na clinica da dor do hospital das clínicas (USP), mas me deram alta dizendo não poderem fazer mais nada. Gostaria de parar c/o remédio, mas não suporto as dores. O q dói mais são os ombros, os joelhos,mãos e pés.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpa a demora em responder o blog estava abandonado. mas agora vou voltar a ser presente e postar outros assuntos e responder as perguntas. Realmente são muitas cicatrizes. eu teria que avaliar se as cicatrizes sao mesmo a causa de tantas dores. Sugiro procurar alguem ai na cidade que fez osteopatia pela Escola de Osteopatia de Madrid. Hoje nao tenho mais acesso aos profissionais que trabalham na sua cidade ou regiao. Att. Dr. Timothy

      Excluir
  13. Dr, boa noite
    Fiz uma cirurgia tornozelo devido fratura bimaleolar e foi colcado placa e parafusos isso há 5 meses. Fiquei com tala gesso uns 2 meses. Já estou andando , mas sinto a cicatriz da cirurgia "repuxar" dificultando minha caminhada. Inclusive quando apalpo um pouco abaixo dela , parece haver um tipo de "cordão endurecido" por dentro , que tambem repuxa quando ando . O que fazer?

    ResponderExcluir
  14. Desculpa a demora em responder. O blog estava abandonado, mas vou voltar a tornar mais presente e postar mais assuntos. Bom, eu precisava te avaliar. Mas pra ir te adiantando voce pode fazer algumas massagens na cicatriz pra soltar esse cordao endurecido. Att. Dr. Timothy

    ResponderExcluir